Pessoa sentada à mesa com material de trabalho, apontando para gráficos da Bolsa de Valores em seu computador.

Bolsa de Valores: saiba os primeiros passos para iniciantes!

Antes de investir na Bolsa de Valores, saiba quais passos devem ser tomados para aproveitar essa oportunidade de retorno financeiro!

Em primeiro lugar, a Bolsa de Valores é uma ótima opção para você alcançar diferentes objetivos de vida, e por isso é importante iniciar do jeito certo.

Então, trouxemos um conteúdo que vai lhe ajudar a se preparar para começar a investir e ter bons retornos no futuro.

Mãe escrevendo "Primeiros Passos" com giz no quadro para bebê ver.

DEFINA SEUS RECURSOS E OBJETIVOS NA BOLSA DE VALORES

Primeiramente, você precisa saber bem como estão as suas finanças e decidir o que você quer dos investimentos.

Além de renda extra, investir na Bolsa de Valores pode servir também para alcançar outros objetivos, como por exemplo comprar uma casa.

Então, coloque a sua condição financeira na ponta do lápis e decida o quanto você pode e está disposto a gastar neste mercado.

Por fim, você precisa também construir uma reserva de emergência antes de se aventurar no mundo da Bolsa.

Isto é juntar 6 meses do seu salário, caso tenha um salário garantido, e 12 meses de sua renda média, se for um autônomo.

ESTUDE MUITO PARA SE DAR BEM NA BOLSA

Para ter bom retorno em um negócio, você precisa se planejar e se preparar, e é isso que você vai fazer antes de ingressar na Bolsa.

Mas, nós sabemos que é muito difícil estudar um assunto que não se sabe nem por onde começar.

Portanto, a dica valiosa é buscar cursos para iniciantes, em fontes confiáveis, e nunca parar de estudar!

Em geral, para ter um curso completo você precisa pagar, porém o investimento em educação é um dos melhores que existem.

Além disso, você pode aproveitar vídeos no YouTube e cursos que são gratuitos, caso não tenha condições financeiras no momento.

Mais uma dica importante é que você não fique abrindo abas de vários assuntos ao mesmo tempo.

Isso porque o assunto “investimentos” é muito complexo, então você pode se perder, caso queira aprender tudo de uma vez.

DESCUBRA SEU PERFIL INVESTIDOR

Em suma, seu perfil investidor representa o quanto você está disposto a investir em busca de certo retorno de dinheiro.

Bem como o seu perfil também tem a ver com as suas intenções dentro da Bolsa de Valores.

Ao fazer cadastro em uma corretora (já vamos chegar lá), haverá um teste para definir o seu perfil investidor.

É importante que você já conheça os 3 tipos: Conservador, Moderado e Agressivo/Arrojado.

Uma boa dica é que, mesmo que você seja um investidor com perfil de maior risco, não se esqueça que é iniciante.

Por isso, comece com investimentos de baixo risco, sinta o ambiente e vá se soltando à medida que adquirir conhecimento e experiência.

Dessa forma, você não passará aperto logo no início.

FAÇA CADASTRO EM UMA CORRETORA DE VALORES

Por fim, depois de ter seguido todas as recomendações acima, o último passo é se cadastrar em uma corretora de valores.

Antes de mais nada, saiba que é impossível negociar direto com a Bolsa de Valores.

Sendo assim, as corretoras são as instituições que vão intermediar suas operações.

Alguns bancos também oferecem plataforma de investimentos para você operar na Bolsa, como por exemplo o Banco Inter.

Uma dica importante é aproveitar todo o conhecimento que a corretora lhe oferecer, para poder seguir o passo acima que é estudar muito.

Você vai receber e-mails com diversas informações do mercado, ofertas de cursos onde muitos deles são gratuitos e ganhará bastante conhecimento.

Por isso, uma última dica é fazer cadastro em mais de uma corretora em que a abertura de conta seja gratuita.

Dessa forma, você recebe mais informações e ainda aproveita as vantagens de mais de uma instituição.

Anúncio da corretora de valores Rico.

Baixe Agora