Mulher sentada no sofá mexendo no laptop, na calculadora e no celular, fazendo os cálculos relacionados ao seu empréstimo pessoal.

Saiba como funciona a análise de crédito para aprovação de empréstimo

Saiba como funciona a análise de crédito e a importância deste procedimento antes de solicitar a afiançar um valor de empréstimo.

A análise de crédito é um procedimento de autenticação efetuado tanto em pessoas físicas quanto em corporações que permite orçar de forma cautelosa a solvência do indivíduo que solicita o valor do crédito.

Nesse período, também são determinados os perigos conectados ao procedimento, ou seja, a hipótese de a instituição tributária não beneficiar a financeira que emprestará.

Mulher sentada no sofá mexendo no laptop, na calculadora e no celular, fazendo os cálculos relacionados ao seu empréstimo pessoal.
Veja como é feita a análise de crédito dos empréstimos.

No meio tempo da análise de crédito, a instituição que concede os empréstimos reconhece os fatores que indicam a chance do solicitante quitar totalmente a dívida do crédito.

Com base nisso, decide se vai ou não emprestar o dinheiro e define as condições como, a proporção dos juros, por exemplo.

A análise de crédito detalhada é necessária para que tanto a instituição quanto o indivíduo que solicita o empréstimo não entrem no prejuízo.

Empréstimos costumam ter devoluções de longa duração, por isso é muito importante que seja um processo bem planejado e confiável.

Casal fazendo contratação de um empréstimo de forma presencial em uma instituição financeira.
Contratação de empréstimo seguro e confiável.

No menor sinal de inadimplência, a contratação de um empréstimo pode causar prejuízos inimagináveis e ainda mais difíceis de serem resolvidos.

O cuidado é essencial entre ambas as partes no momento da análise de crédito.

Dezenas de dados devem ser avaliados cautelosamente antes da consolidação do crédito, neste texto, vamos apresentar como a análise de crédito funciona prática. Confira!

O que é análise de crédito

A análise de crédito é um segmento de verificação, feito tanto para pessoas físicas como jurídicas, que permite uma estimativa criteriosa da capacidade de restituição e devolução de quem está solicitando o valor emprestado.

Também é determinado o perigo envolvido, ou seja, a probabilidade de quem emprestou não receber o dinheiro posteriormente – com a inadimplência do indivíduo que solicitou o empréstimo.

Casal sentado no sofá, preocupados se vão conseguir pagar o empréstimo que contrataram.
Preocupação para pagar o empréstimo contratado.

Por meio de um índice de pontuação e critérios, são estabelecidos e determinados fatores que ajudam a reconhecer a probabilidade de inadimplência do cliente.

Este processo na análise de crédito requer muito cuidado e cautela, o indivíduo que solicita o empréstimo pode ter de esperar por alguns dias para receber uma resposta concreta da instituição fiadora.

Os dados são analisados minuciosamente, com grandes e rigorosos critérios e estudo de caso.

Se, de primeira, a análise obter bons resultados, a partir do estudo dos dados pessoais do solicitante do empréstimo, a probabilidade da instituição fiadora aceitar no primeiro momento é alta.

Além disso, é possível que libere até mesmo um valor maior que o solicitado, se necessário, pois o indivíduo que solicitou o empréstimo costuma pagar suas contas sem atrasos, e não possui dívidas e inadimplências em seu nome.

Neste caso, as chances de que os juros e taxas sejam mais baixas é grande. 

Cinco moedas de um real em cima de uma nota de cem reais.
Procure as menores taxas de juros.

Em contrapartida, se primeiramente o resultado do estudo de caso já tenha indicativos de perigo de atrasos ou não devolução do valor, é determinado que as taxas e juros sejam também altos.

Assim, a empresa que concede o crédito garante uma maior segurança para o recebimento da sua dívida.

As cobranças funcionam desta forma porque, se o devedor quitar a dívida, os juros que forem pagos posteriormente amenizam as perdas e prejuízos para quem emprestou a quantia de empréstimo. 

O fato de o indivíduo estar negativado, com o nome sujo, também é avaliado no processo de solicitação do empréstimo.

Por isso, as consultas a órgãos como Serasa e SPC são inevitáveis na maioria das vezes, como forma de testemunhar se existe ou existiu alguma dívida em aberto daquele solicitante. 

Caso o CPF do requerente esteja negativado ou inadimplente em alguma instituição, a probabilidade de um empréstimo de alto valor ser negado é enorme.

Ou então, no caso do empréstimo ser aprovado, poderá vir acompanhado de altas taxas de juros.

Mãos se cumprimentando representando o fechamento de um contrato de empréstimo, enquanto outras mãos batem palma ao lado.
Fechamento do contrato de empréstimo.

Caso seja feito na modalidade online, por exemplo, a chance do valor ser negado para indivíduos negativados é ainda maior.

Isto acontece porque não existe um contato pessoal com o cliente, o que é mais uma dificuldade para analisar a veracidade das informações do indivíduo.

Como funciona a análise de empréstimo?

Tudo começa quando você precisa de um empréstimo, cartão de crédito, financiamento, aumento de limite ou até mesmo abertura de conta-corrente.

Ao solicitar qualquer uma dessas operações de crédito, a instituição fiadora vai precisar realizar uma análise detalhada de sua atual situação e movimentações bancárias anteriores.

A seguir você vai conhecer os quesitos essenciais tanto para a análise quanto para aumentar suas chances de aprovação: 

Informações cadastrais

Aqui estão suas informações básicas, como CPF, telefone, estado civil, idade, ocupação, renda, área de residência;

Desenho de uma imagem de capa de perfil dentro de uma seta que esta em cima da tela de um monitor indicando o cadastro da pessoa na proposta de empréstimo.
Cadastro na proposta de empréstimo.

Restrições de nome

Com todos os seus dados, a empresa precisa saber se você tem problemas não resolvidos com o próprio banco.

Você pode consultar o Serasa ou o SPC – como dito anteriormente, caso você esteja inadimplente ou com CPF negativado por alguma instituição, o risco do empréstimo ser negado é ainda maior;

Perfil de Crédito

Esta seção é utilizada por um banco ou instituição financeira para entender sua relação com o mercado de crédito.

Para isso, eles podem consultar seu score de crédito que é uma pontuação que indica a chance de uma pessoa quitar uma dívida, baseada em dados do mercado;

Renda

O próximo passo é consultar a sua renda mensal. Isso é para saber se a parcela vai caber no seu bolso ou se o valor das parcelas do empréstimo cabem com segurança no seu salário.

Se, após análise matemática for confirmado que há uma grande chance de adquirir o prazo final porque o indivíduo costuma pagar as contas sem atraso, há uma grande chance de taxas menores.

Moedas e notas de cem e cinquenta reais.
A renda é muito observada na análise de crédito.

Se o indicador sugerir que o perigo de atraso ou não recebimento do produto é muito alto, as taxas e rendimentos são usualmente igualmente trepidantes.

Diminuir os prejuízos da instituição fiadora será sempre um fator significante e expressivo em todo o processo de análise e, posteriormente, empréstimo do crédito.

A análise de crédito sempre será importante e criteriosa, tanto da instituição quanto do indivíduo que solicita o empréstimo.

É importante se atentar às condições de empréstimo e contrato para poder negociar bem a restituição do valor e as formas de pagamento (e até mesmo as de garantia) para que nenhuma das partes saia com um grande prejuízo financeiro.